O Parque das Irmãs Magníficas, de Camila Sosa Villada

julho 08, 2022


Gosto muito quando leio algo que me tira o ar, que me deixa naquele estado de suspensão que eu penso "caramba", e fico olhando para um ponto por alguns minutos. E essa perda de ar, esses minutos de contemplação, pode acontecer por diversos fatores. Pode ser um "caramba" do tipo "o que aconteceu aqui" ou um "caramba" de uau. Acho que uma das melhores "funções" (entre aspas, por falta de uma palavra melhor) da literatura é poder te deixar nesse estado, te tirar um pouco do dia a dia e te colocar em um lugar diferente. 

E colocar a gente em um lugar diferente também anda junto com outra das melhores "funções" dos livros é poder fazer a gente enxergar com outros olhos, conhecer outras realidades, outras pessoas. E isso literalmente. Às vezes um livro é tão íntimo de quem o escreveu que acabamos conhecendo uma certa profundidade desses autores.

Esse é o caso com O Parque das Irmãs Magníficas, da autora argentina Camila Sosa Villada. O livro foi lançado aqui no Brasil pela editora Tusquets, com tradução de Joca Reiners Terron. Eu sempre gosto de dar minhas próprias sinopses para os livros que comento, mas antes de tentar dar uma resumida neste aqui eu queria trazer um pedaço da sinopse que consta no site da Amazon:

"O romance O parque da irmãs magníficas é isso tudo: um rito de iniciação, um conto de fadas ou uma história de terror, o retrato de uma identidade de grupo, um manifesto explosivo, uma visita guiada à imaginação da autora. Nestas páginas convergem duas facetas da comunidade trans, facetas que fascinam e repelem sociedades no mundo inteiro: a fúria travesti e a festa que há em ser travesti."

Quando o livro foi lançado aqui, ano passado, eu fiquei muito curiosa. Não somente por ser uma autora argentina, mas principalmente pela descrição dessa sinopse: um rito de iniciação, um conto de fadas ou uma história de terror. Vi algumas conhecidas e blogs que acompanho falando muito bem, e fiquei muito curiosa em lê-lo. Comprei em ebook em uma promoção da Amazon e comecei a leitura enquanto estava em uma espera longa e triste pra ser atendida no posto de saúde certo dia.


Ao longo da narrativa, acompanhamos a trajetória da narradora, entrelaçando a história de sua infância e de sua chegada ao parque de que o título fala, conhecendo suas companheiras, e retornando para nos contar sobre como ela se sentir durante o dia, durante a faculdade, nos momentos em que assumia uma versão sua da qual não se sentia confortável, mas era socialmente imposta a aceitar. 

Conhecemos personagens que parecem realmente saídos de uma história fantástica. A narrativa de Sosa Villada tem essa característica especial, parece uma poesia, mas extremamente crua; e parece realmente uma mistura de conto de fadas com história de terror. Nesse caso, não somente pelas situações terríveis que a autora narra sobre as dificuldade de se ser trans, travesti, ou uma trabalhadora sexual, mas por causa de todo o clima insólito que Sosa Villada dá ao seu livro.

"Enquanto isso, as que permanecemos por aqui, bordamos com lantejoulas nossas mortalhas de linho."

Se eu entrasse um pouco mais em detalhes sobre o que acontece e como acontece, talvez eu acabaria falando demais, e perderia um pouco o brilho da descoberta. Mas acompanhar essa personagem narradora pelos caminhos e sua vida, pelas teias que compõem suas relações e seus afetos, é um caminho muito especial, é uma história cheia de detalhes, de experiências difíceis, que te deixa vidrado, e no final parece que você conhece aquela personagem. Tudo é muito cru, muito verdadeiro, mas também tem muito sentimento nessas linhas.

Não é um daqueles livros que demora a engrenar. Nas primeiras páginas eu já estava interessada, e ao final do primeiro capítulo já estava vendida. O Parque das Irmãs Magníficas é uma história envolvente, trágica, surpreendente, emocionante, triste e extremamente interessante. Um daqueles livros que a gente não quer parar de ler. 

Você pode comprar o livro no site da Amazon*, ou da própria Tusquest.

---
*Comprando com meus links da Amazon, você dá aquela forcinha sem pagar nada a mais por isso :)

Leia também:

0 comments

Comentários educados são sempre bem recebidos!

Mas não aceito nem tolero ofensas, comentários impossíveis de compreender, spams e qualquer tipo de intolerância.

Os comentários são moderados, por isso aguarde a aprovação!