Dicionário Agatha Christie de Venenos, de Kathryn Harkup



Já comentei recentemente minha relação com a Rainha do Crime, nossa querida Agatha Christie, quando escrevi sobre o livro A Maldição do Espelho. Temos uma relação duradoura e muito feliz, e sempre recorro a ela quando preciso descansar a cabeça ou quando quero sair de uma ressaca literária. Nunca sei quem é o assassino, nunca consigo descobrir, e percebi que isso me dá um certo conforto. 

Leio o livro e conto com os detetives tão brilhantes de Agatha para resolverem o problema. Eu poderia me esforçar e descobrir com eles? Talvez, mas gosto de delegar isso a eles e aproveitar a viagem. Fico com a pulga atrás da orelha, mas com a certeza de que tem alguém esperto e, muitas vezes, brilhante cuidando do caso.

Uma das coisas que gostei muito quando descobri que Agatha Christie era uma das minhas influências primordiais foi aproveitar também o material de apoio que pudesse surgir sobre ela. Recebi o livro Agatha Christie: Uma biografia, de Janet Morgan (traduzido para o português por Patricia Azeredo) enquanto escrevia para o Delirium Nerd (a resenha do livro pode ser conferida aqui), e conhecer mais sobre Agatha me inspirou muito, fez com que eu ficasse ainda mais impressionada com a sua vida, com suas escolhas, com suas buscas e com a sua mente. 

E então a DarkSide Books lançou por aqui o Dicionário Agatha Christie de Venenos e vim falar um pouco sobre ele.

Sobre o livro



O Dicionário Agatha Christie de Venenos, de Kathryn Harkup (trad. Camila Fernandes) vai bem mais longe que um dicionário. O livro conta com 14 venenos usados por Agatha Christie em seus livros, mas Harkup não só descrever esses venenos, como também fez um levantamento sobre sua história, casos reais que podem ter influenciado ou que podem ter sido influenciados por Christie, explica como o veneno age, de onde ele surgiu e de onde ele vem, se é um veneno comum ou não, explica as reações químicas, e ainda explica a relação de Agatha com o veneno.

A introdução já nos apresenta um ponto muito importante: a formação de Agatha Christie em farmacologia. Christie trabalhou em uma enfermaria em alguns pontos de sua vida e, naquela época, para poder vender certos fármacos, ela precisaria de uma certificação, dados os altos índices tóxicos de algumas substâncias. Agatha acabou trabalhando com isso durante a Primeira e Segunda Guerra, e, como mostraram alguns livros de sua biblioteca, a literatura sobre o assunto fez parte de toda a sua vida. Agatha foi muito elogiada sobre seus conhecimentos em diversas vezes, e como Harkup relata, O Misterioso Caso de Styles recebeu até uma resenha em uma revista médica e foi muito elogiado por sua precisão e a forma correta como Christie usou a Estricnina. 


Em outro caso, sobre o livro O Cavalo Amarelo, dado as poucas ocorrências de envenenamento com a substância Tálio, Christie ajudou a salvar vidas ao trabalhar tão bem com ela em seu romance, possibilitando que pessoas leigas ou com menos conhecimento sobre o assunto pudessem encontrar os sintomas e agir contra eles. Isso só demonstra como a obra de Agatha pode ser rica e como sua autora tinha um cuidado extra com suas criações. 

Além de tudo isso em seus 14 capítulos sobre venenos, temos uma apresentação que fala sobre a relação de Agatha com essas substância, e no final do livro temos mais conteúdo de apoio: uma tabela bem completa sobre os livros de Agatha Christie, de acordo com a ordem em que foram publicados, e quais os métodos de assassinatos ocorridos neles; temos páginas com as estruturas químicas das substâncias citadas e uma bibliografia selecionada caso você se interesse em conhecer mais sobre esse universo. 


A linguagem de Harkup é divertida e torna o livro muito gostoso de ser lido. Mesmo que não se entenda muito de química (por conta das reações das substâncias no corpo), a autora nos explica com analogias e torna um pouco mais simples a compreensão. Suas notas também facilitam o entendimento. 
 
O Dicionário Agatha Christie de Venenos é, além de ser um livro para os fãs da Rainha do Crime, um livro para curiosos. Além de apresentar onde e em quais livros esses assassinatos foram cometidos, ele ainda explica e explora muito sobre os venenos, seus usos, seus antídotos e sua história.

* Esse livro foi recebido em parceria com a DarkSide Books :)


* Livro recebido em parceria com a Editora DarkSide.

Compre o livro

Jéssica Reinaldo

Jéssica Reinaldo

Formada em História, escreve e pesquisa sobre terror. Tem um afeto especial por filmes dos anos 1980, vampiros do século XIX e ler acompanhada de um café quentinho. Siga nas redes: Twitter | Facebook | Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários educados são sempre bem recebidos!

Mas não aceito nem tolero ofensas, comentários impossíveis de compreender, spams e qualquer tipo de intolerância.

Os comentários são moderados, por isso aguarde a aprovação!

Instagram