3 contos de terror de autoras brasileiras para ler no Kindle Unlimited


Chegou outubro, separei minha listinha de livros para ler durante o mês (não que eu consiga seguir listas, apesar de adorar fazer listas, e fiz até um reels no instagram — vocês podem acessar aqui). Mas, têm dias que eu quero ler um conto rápido, uma história mais curta, e talvez não consiga ler um capítulo inteiro do livro que estou lendo. 

São nesses dias que eu vou atrás de algumas coisas disponíveis nos livros de contos que tenho por aqui ou, às vezes, vou até o kindle unlimited e procuro algo por lá. 

Desde que comprei meu kindle eu assinei o kindle unlimited principalmente pela facilidade. São R$20,00 por mês (e às vezes rolam algumas promoções de R$1,99, então se você nunca assinou vale muito a pena ficar de olho) e uma infinidade de títulos disponíveis para alugar. Algumas coisas muito boas sempre estão por ali. A Ana Paula, do site Literatura Policial, publicou tempos atrás uma lista com 123 ebooks disponíveis dos gêneros policial, suspense e terror no unlimited (que pode ser acessada aqui). 

Outro ponto positivo é que muitas editoras pequenas e independentes brasileiras deixam seus títulos disponíveis para os leitores para aluguel. Já conheci alguns trabalhos que gostei muito, e passei a acompanhar os autores comprando outros livros deles. Até fiz uma outra postagem dessas indicando três antologias de terror de escritores brasileiros

Para mim, que costumo ter um ritmo de leitura meio caótico e gosto de descobrir coisas novas, compensa bastante. 

E hoje eu vim indicar três contos curtos que li recentemente e gostei muitíssimo, e que também estão disponíveis no kindle unlimited. 

A Mulher e o Vento


Lançado pela Editora Corvus e escrito por Fabiana Ferraz, com prefácio de Clara Madrigano, "A Mulher e o Vento" é uma história com elementos góticos bem fortes, que lembram um pouco O Papel de Parede Amarelo, da Charlotte Perkins Gilman, mas consegue manter um distanciamento e situações diferentes em ambas as obras. Em A Mulher e o Vento, uma jovem esposa se muda para a casa isolada de seu marido e, desde o primeiro momento ali, parece sentir o pressentimento de um horror imenso surgir diante dela. Dalí adiante, a personagem entra em uma espiral de loucura que perturba e faz o leitor se questionar: é real ou é algo da cabeça dela? O ritmo é interessante, é um conto assustador e tem uma ambientação bastante incômoda. 
Link para o ebook: A Mulher e o Vento

Dodge


Escrito por Clara Madrigano, não li "Dodge" tão recentemente assim (acho que faz pouco mais de um ano), mas ele ficou na minha cabeça por muito tempo, e lembro de ter terminado de lê-lo e ficar bastante angustiada. É uma leitura desconfortável e incômoda, sobre problemas em uma família e sobre Dodge. Lita é uma garotinha que não tem uma das melhores famílias do mundo, mas ela tem Dodge, um cão. E, quando a "doutora bigodes" pede que ela conte o que ela fez, Lita quer contar do jeito dela: uma narrativa que está intimamente ligada ao cão.
Link para o ebook: Dodge

O Ovo


Também lançado pela Editora Corvus, "O Ovo" é escrito por G.G. Diniz e eu fiquei encantada com a história e com os desdobramentos da situação toda. Uma jovem resolve assumir a fazenda da família depois que sua avó morre e lhe pede diretamente que ela tome conta do local. Ao fazer essa promessa, entretanto, Núbia não imaginava que a fazenda era um local tão pitoresco. Eu gostei muitíssimo de ler essa história e queria saber mais de tudo que (possivelmente) aconteceu após o final. 
Link para o ebook: O Ovo


Jéssica Reinaldo

Jéssica Reinaldo

Formada em História, escreve e pesquisa sobre terror. Tem um afeto especial por filmes dos anos 1980, vampiros do século XIX e ler acompanhada de um café quentinho. Siga nas redes: Twitter | Facebook | Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários educados são sempre bem recebidos!

Mas não aceito nem tolero ofensas, comentários impossíveis de compreender, spams e qualquer tipo de intolerância.

Os comentários são moderados, por isso aguarde a aprovação!

Instagram